como praticar inglês na Disney

5 DICAS DE COMO PRATICAR INGLÊS NA DISNEY

03/01/2019| Bruno

Imagine o quanto você irá se divertir e unir o útil ao agradável se simplesmente entender como praticar inglês na Disney?! E para tanto, basta visualizar como fazer isso sem cair nas armadilhas dos caminhos mais fáceis, para aproveitar ao máximo este mundo de magia!

Usar o inglês nos Estados Unidos pode parecer algo óbvio, algo como fazer frio no Alasca (e nem é bem assim, mas aí já é um caso para outro texto). Mas a grande verdade que nenhuma empresa de turismo te conta é que a maioria dos brasileiros quase não pratica suas habilidades com a língua estrangeira quando então viajando por lá.

Em meu texto anterior, falei quais seriam os passos para planejar uma viagem internacional. Se você não leu, clique aqui.

E depois de tudo planejado, eis que chega o grande dia e você já está com malas prontas para a Disney. Seja com um grupo de escola, amigos ou família, se você não estiver sozinho há um grande risco de você cair de cara na primeira grande armadilha: se prender à conhecidos e só falar português.

Temos que admitir que muitas vezes em nossas vidas seguimos a lei do menor esforço. E algumas vezes, como guia, já percebi que vários viajantes simplesmente perguntam coisas simples e óbvias aos colegas ao lado: como chegar ao banheiro, as horas, valores, tudo! Sozinho ou acompanhado, todas estas dúvidas são oportunidades em potencial para você, como viajante, entrar em contato com um nativo e utilizar o seu conhecimento.

Esta dica vale para qualquer lugar que você for viajar: se aventure! E se possível até mesmo com o seu grupo, tente falar inglês a maior parte do tempo.

Especificamente na Disney, temos algumas vantagens quando comparamos a outros destinos turísticos.

Dica 01: Pegue dois mapas!

Assim que chegar ao parque, você estará frente a frente com totens enormes com mapas e descrições das atrações. E o melhor (ou pior): em diversas línguas, inclusive português. Ou seja, você tem aí a segunda armadilha ou oportunidade.

O caminho mais rápido seria instantaneamente pegar o mapa em português e correr para algum ponto de interesse. Mas… você já parou para pensar em como os principais personagens da Disney se chamam originalmente? Já buscou na internet um por um, antes de chegar por ali? Estranhou quando viu o Tico e o Teco e americanos gritaram Chip and Dale? Pois é, você não está sozinho! Tudo que você precisa está bem ali…

A dica é pegar dois mapas, um em português e um em inglês. Tente se virar com o mapa original, mas quando tiver alguma dúvida, corra para a versão brasileira.

Dica 02: Evite pedir informações aos brasileiros

Entrando no parque, siga as direções, mas não perca a chance de colocar em prática a primeira dica: pergunte tudo que quiser aos funcionários do parque (que lá são chamados de membros do elenco). Mas cuidado… vários são brasileiros! E como você vai fugir destes? Na plaquinha com o nome da pessoa, fixada no uniforme, existem bandeirinhas dos países de origem de cada um. Viu uma bandeirinha do Brasil? Procure outro!

Dica 03: Vá a atrações com pouco público

A próxima dica é: não evite atrações porque são menos agitadas. Várias atrações mostram documentários, contam histórias e interagem com o público. Tudo em inglês! Este é um ótimo momento para treinar sua escuta. Um dos melhores parques para este treinamento é o Epcot, um parque que mostra a cultura, história e culinária de vários países do mundo em diversos pavilhões. Vários com documentários em inglês.

Dica 04: Aproveite as trilhas sonoras originais

Independente do estilo da atração, uma coisa super presente nos parques é a trilha sonora. Cada área do parque tem seus sons e músicas. E sim, mais uma coisa que você irá reconhecer pelo ritmo, mas com letras diferentes. A dica aqui é se familiarizar com as músicas em suas versões originais. Ouça, encontre as letras, e já vá para o parque familiarizado! Sua experiência será definitivamente mais imersiva!

Dica 05: Seja um curioso, principalmente com a comida

E por último, e não menos importante: a culinária. Assim que bater a fome, se você não levou um lanchinho comprado antes em alguns dos inúmeros e gigantescos Walmarts, você tem mais uma oportunidade: aprender a pronúncia correta de várias frutas, sucos, sanduíches e doces que você já sabe escrever, mas nunca viu um nativo pronunciar. Não tenha vergonha de perguntar do que é feito, quais os ingredientes ou tudo que vier a sua cabeça.

Com essas dicas, com certeza você voltará desta aventura muito mais fluente e cheio de memórias inesquecíveis de como praticar inglês na Disney.

Se você gostou desse conteúdo deixe seu comentário aqui embaixo e compartilhe com seus amigos. Aproveite e acompanhe o CCAA Divinópolis no Instagram e Facebook.

Também conhecido como Doug, é professor de inglês há 21 anos, sendo 11 destes no CCAA Divinópolis. Formado em Psicologia pela PUC Minas, Pós Graduado em Design Instrucional para Educação à Distancia, turismólogo e mestrando em Tecnologias Emergentes em Educação na Universidade de Miami. Proprietário da agência de turismo Eu No Mundo e franqueado da Clube Turismo. Para acompanhá-lo, siga no Instagram @eunomundoapp e se inscreva no canal: www.youtube.com/c/eunomundo

Comentários